seg. out 26th, 2020

cuboPOP | Últimas notícias da música, cinema e TV

Música pop, cultura, famosos, televisão, TV, cinema, geek, games, tecnologia

Amazon e Netflix aumentam corrida pelo Globo de Ouro com mais candidatos do que nunca

'Dois Papas' e 'Histórias de Casamento' (Imagem: Divulgação).

Mais filmes de serviços de streaming estão na disputa à prêmios este ano do que nunca. A Netflix está chamando a atenção com os filmes “O Irlandês”, “Histórias de Casamento”, “Dolemite é o Meu Nome” e “Dois Papas”.

Enquanto a Amazon está fortalecendo a sua campanha para as produções “The Report” e “The Aeronauts”, além dos convencionais “Honey Boy” e “Les Miserables”. Outra que está entrando na disputa, e dessa vez pela primeira vez, é a Apple TV, que está causando alguns burburinhos com “Hala” e “The Elephant Queen”.

No entanto, isso motivou algumas discussões entre os votantes da temporada de premiações – principalmente o presidente do conselho da AMPAS, Steven Spielberg – sobre se os filmes de streaming com execuções limitadas estariam levando ao fim do cinema.

Uma grande parte dos seus cerca de 90 membros é originária da Europa, onde uma devoção ao apoio às salas de cinema levou Cannes a bloquear a Netflix e outros filmes SVOD sem uma longa exibição da competição. Mas o consultor de prêmios Tony Angelotti, que trabalhou em campanhas para o premiado “Green Book” e outros títulos da Universal e Disney / Pixar, diz que os membros do HFPA não têm preconceito contra o streaming.

“Eles não distinguem necessariamente os formatos da mesma maneira que as pessoas cujas vidas são essencialmente baseadas em exibição e distribuição tradicional na Academia. Eles são da imprensa, e é uma mentalidade diferente, embora eu provavelmente possa citar alguns “que ainda favorecem fortemente os lançamentos tradicionais”, diz ele.



Espalhe a palavra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *